Sem categoria

Como escolher o tecido certo para as roupinhas do bebê

Suedine, algodão, malha PV ou malha fria, plush, algodão e poliester, algodão e elastano, soft, são muitos tipos de tecidos diferentes!

E a gente deve se preocupar com o tipo de tecido das roupinhas e enxoval do bebê?

Claro que sim! E porquê?

A pele do bebê é muito mais sensível do que a pele da criança e do adulto, isto porque eles tiveram menos contato com o meio exterior, e são mais propensos a alergias, desenvolvendo as dermatites de contato, por exemplo.

Como a gente quer proteger nossos babies, vamos aqui aprender um pouquinho sobre os tipos de tecidos ideais e os que não são aconselhados para escolha das roupinhas e do enxoval do bebê:

Os tipos de tecido recomendados:

Os tecidos 100% algodão são os mais indicados porque eles são antialérgicos, permitindo que a pele do bebê transpire sem reter calor e umidade. Além disso, é um material fácil de lavar e secam super rápido! Os tecidos suedine, tricoline, malha PV e malha fria são 100% algodão.

Os tecidos de algodão e poliéster podem ser usados pelos bebê, inclusive este tipo de material é muito utilizado na confecção porque torna a roupinha mais resistente pra ser usada no dia a dia. Assim como os tecidos de algodão e elastano também são muito usados, sem problemas para a pele do bebê!

O acetato, poliéster e polipropileno não são recomendados pra ficar em contato direto com a pele do bebê porque não absorvem bem a umidade do corpo, podendo haver acúmulo de resíduos na pele.

Os tecidos com a trama mais felpuda como a lã, soft e plush devem ser usados sempre com um tecido de algodão por baixo, pra não ficar em contato direto com a pele, uma boa dica é usar um body em malha de algodão.

Dicas:

  • prefira sempre as roupinhas mais confortáveis, que permitam os movimentos dos bebês bem livres, sem apertar.
  • as peças sem muitos adereços, como fitas, pérolas, e outros itens que não são lisos ou podem provocar acidentes devem ser evitados, deixe para usar em um momento especial como um batizado, e depois do momento, troque a roupinha.
  • peças de vestuário que são mais práticas pra hora de trocar as fraldas, sempre são a melhor opção, porque a gente facilitam o dia a dia e permitem ganhar tempo.
  • tenha sempre uma peça a mais de roupa na bolsa do bebê pro caso de vazar o xixi ou cocô ou sujar a roupinha por algum motivo.

E aí?!

Gostou das dicas?

Escrevi com muito carinho pra você!

Se tiver alguma dúvida me pergunta aqui!

E aproveita pra conhecer o site mais fofo do Brasil, com as roupinhas e enxoval do tecido ideal pro seu bebê!

http://www.lojabbcoruja.com.br

beijão e até breve!

Cintia/bbcoruja

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s