Sem categoria

5 dicas testadas e aprovadas pra tirar manchas das roupas dos bebês

A gente passa um perrengue com as manchas nas roupinhas dos nossos bebês, não é mesmo?!

Quem nunca viu aquela roupa novinha, linda, ganhada de presente…manchada!

E tem mancha de vitamina, de cocô, de comida, de fruta, de leite……

Mas como tirar as manchas sem estragar a roupa, e de maneira prática?

Bora lá pra nossas dicas:

  1. Se a mancha foi causada por leite materno, olha que dica prática: basta você polvilhar um pouco de bicarbonato de sódio sobre a mancha e depois despejar um pouco de água com gás! Vai formar uma espuminha, e você deve deixar por 1 minutinho apenas! Em seguida, use uma escova de dentes pra esfregar sem estragar a roupinha e coloque na máquina pra lavar ou esfregue a mão mesmo!

2. Sujou a roupinha de cocô? se ainda não aconteceu, é muito provável que aconteça, não é?! Bom, neste caso, você deve tirar o excesso e levar pro tanque antes que seque! Aí você precisa lavar a região com sabão de côco e pode colocar um pouquinho de vinagre branco também! depois deixe de molho por cerca de 30 minutos, esfregue a mão ou a máquina e pronto!

3. As manchas causadas por alimentos, mais comuns após os 8 meses de idade do bebê, você resolve assim: deixe a roupinha de molho em água morna com sabão neutro. Coloque um pouquinho de vinagre ou limão sobre a mancha e esfregue com uma escova macia, depois lave como de costume.

4. Pra tirar as manchas de frutas do babador, por exemplo, é fácil! Deixe o babador de molho com detergente neutro sobre a mancha, por cerca de 15 minutos, coloque pra lavar a maquina ou esfregue a mão! Prontinho!

5. A roupinha mofou? pode acontecer, né, principalmente quando a gente ganha a roupinha ou guarda de um filho mais velho! Mas é fácil resolver! Coloque uma misturinha de suco de limão e sal sobre a mancha por alguns minutos, depois lave a roupa normalmente.

Lembrando de uma coisa importante: todo sabão usado na lavagem das roupas do bebê tem que ser sabão neutro ou sabão próprio pros bebês!

Espero que tenha gostado das dicas, experimenta e me conta como foi por aí!

beijão, Cintia/bbcoruja

Aproveita pra conhecer nossas fofuras de roupas, enxoval e babador no site:

http://www.lojabbcoruja.com.br

Sem categoria

Como escolher o tecido certo para as roupinhas do bebê

Suedine, algodão, malha PV ou malha fria, plush, algodão e poliester, algodão e elastano, soft, são muitos tipos de tecidos diferentes!

E a gente deve se preocupar com o tipo de tecido das roupinhas e enxoval do bebê?

Claro que sim! E porquê?

A pele do bebê é muito mais sensível do que a pele da criança e do adulto, isto porque eles tiveram menos contato com o meio exterior, e são mais propensos a alergias, desenvolvendo as dermatites de contato, por exemplo.

Como a gente quer proteger nossos babies, vamos aqui aprender um pouquinho sobre os tipos de tecidos ideais e os que não são aconselhados para escolha das roupinhas e do enxoval do bebê:

Os tipos de tecido recomendados:

Os tecidos 100% algodão são os mais indicados porque eles são antialérgicos, permitindo que a pele do bebê transpire sem reter calor e umidade. Além disso, é um material fácil de lavar e secam super rápido! Os tecidos suedine, tricoline, malha PV e malha fria são 100% algodão.

Os tecidos de algodão e poliéster podem ser usados pelos bebê, inclusive este tipo de material é muito utilizado na confecção porque torna a roupinha mais resistente pra ser usada no dia a dia. Assim como os tecidos de algodão e elastano também são muito usados, sem problemas para a pele do bebê!

O acetato, poliéster e polipropileno não são recomendados pra ficar em contato direto com a pele do bebê porque não absorvem bem a umidade do corpo, podendo haver acúmulo de resíduos na pele.

Os tecidos com a trama mais felpuda como a lã, soft e plush devem ser usados sempre com um tecido de algodão por baixo, pra não ficar em contato direto com a pele, uma boa dica é usar um body em malha de algodão.

Dicas:

  • prefira sempre as roupinhas mais confortáveis, que permitam os movimentos dos bebês bem livres, sem apertar.
  • as peças sem muitos adereços, como fitas, pérolas, e outros itens que não são lisos ou podem provocar acidentes devem ser evitados, deixe para usar em um momento especial como um batizado, e depois do momento, troque a roupinha.
  • peças de vestuário que são mais práticas pra hora de trocar as fraldas, sempre são a melhor opção, porque a gente facilitam o dia a dia e permitem ganhar tempo.
  • tenha sempre uma peça a mais de roupa na bolsa do bebê pro caso de vazar o xixi ou cocô ou sujar a roupinha por algum motivo.

E aí?!

Gostou das dicas?

Escrevi com muito carinho pra você!

Se tiver alguma dúvida me pergunta aqui!

E aproveita pra conhecer o site mais fofo do Brasil, com as roupinhas e enxoval do tecido ideal pro seu bebê!

http://www.lojabbcoruja.com.br

beijão e até breve!

Cintia/bbcoruja